link-phone (31) 2552-8963 link-whatsapp (31) 97355-6267 Atendimento

Como estamos ajudando você a economizar dinheiro sem você perceber!

Escrito Por: Leonardo Mendonça Publicado em: Eficiência Energética Data de Criação: 12/03/2021 Comentários: 3

Olá!
Neste tópico explicamos algumas vantagens e características do nosso sistema de eficiência energética. Confira e fique por dentro! Caso você ainda não tenha lido sobre qual máquina comprar 110v ou 220v clique aqui e saiba mais. Isto é importante para compreender sobre a eficiência energética.
Vamos lá!

Toda prensa térmica possui um sistema de aquecimento que é geralmente composto por:

Controlador lógico;
Relé
Conjunto de resistências elétricas; 
Termopar; 
Bandeja de metal;
Sistema de isolamento térmico;
Placa térmica;

O Controlador lógico é responsável por duas coisas distintas: ler a temperatura da placa térmica para ativar/desativar o relé e contar o tempo da estampa. Mas como ele lê a temperatura se ele fica longe da placa térmica? Simples, ele utiliza um sensor de temperatura muito eficiente que se chama termopar. 
Este termopar é preso em contato com a placa térmica e através de um cabo que chamamos de “cabo de sinal” envia informações em tempo real da temperatura da placa térmica para o controlador lógico que então decide armar e desarmar o relé. 

Vale lembrar que o nosso controlador lógico é produzido pela INOVA exclusivamente para a Maquinatec. Eles até vendem um similar no mercado, muito parecido com o da Maquinatec. Mas os parâmetros internos do processador lógico do controlador são exclusivos para nós!!


 

Mas então o que é este bendito relé #pelamordeDeus ? 

Então, o relé é uma caixinha energizada e bem robusta no caso das máquinas da Maquinatec, que recebe a energia da tomada e quando a temperatura da placa térmica está abaixo da desejada o controlador lógico conversa com o relé e manda o comando de energizar as resistências. Quando a temperatura da placa térmica atingir o desejado ele envia um comando para o relé e diz: pare de consumir energia e desligue as resistências! Como ele tem vários modelos e tamanhos não vamos apresentar foto dele para não confundir.

Nota: O relé é o item mais falsificado do mercado. Muitos concorrentes usam relés falsificados nas máquinas, por que esta é uma peça cara. Então uma das primeiras coisas que apresentam problemas nas máquinas de baixa qualidade de quem trabalha muito é o bendito relé! Rsrsrs nos grupos de Facebook é clássico ler “minha prensa liga, mas não aquece, o que pode ser?”

O conjunto de resistência elétricas, como o próprio nome já diz é a peça que recebe a energia elétrica e tem a responsabilidade de aquecer todo o conjunto. 

Como se dá este aquecimento? As resistências Maquinatec são resistências tubulares. Dentro do tubinho da resistência existe um fio de material especial tipo o material das lâmpadas incandescentes. Ele se chama filamento e ele também fica incandescente quando a energia elétrica passa por ele. Mas como este filamento é feito de um material especial ele precisa estar envolvido por um pó especial para que ele não derreta e também não transmita energia elétrica para o resto da máquina dando choque em você. Tudo isto fica dentro do tubinho. Então a resistência aquece muito e pode ficar até vermelha às vezes. Este calor todo tem que ser transmitido para a placa térmica, mas como a toda e qualquer resistência irradia calor para todos os lados igual ao sol ela também “joga calor pra cima”. 

É aí que entra o nosso isolante térmico de última geração. 
A fibra cerâmica! 
Altamente tecnológica e utilizada até por  e  a fibra cerâmica suporta temperaturas superiores a 2000 graus contra 1500 da lã de rocha e 1450 da lã de vidro que nossos concorrentes utilizam. Portanto este é o melhor material do mundo que pode ser comprado por simples mortais como nós para isolar altas temperaturas. Acima dela somente as pastilhas cerâmicas, o Aerogel, o vácuo e outras coisas muito complexas e fora do alcance.
A camada de fibra cerâmica na espessura correta é fundamental para a eficiência energética da placa térmica. Muita fibra significa custo extra. Pouca fibra significa perda de calor!
A placa térmica, portanto, é o material que entra em contato com o tecido, ou com o teflon, ou com o papel sublimático etc. 

Esta placa pode ser produzida em vários materiais, exemplo:

Ferro: o ferro é um ótimo absorvedor de calor. Porém ele não transfere o calor com facilidade. Então ele absorve, mas não doa calor para a peça a ser estampada. É muito difícil trabalhar com uma placa térmica de ferro, há não ser que variações enormes de temperatura sejam toleradas pelo cliente. O que não é o caso!
Aço: Um pouco melhor que o ferro, mas ainda transmite pouco calor se for comparado a outros materiais
Latão: mesmo caso do Aço, porém muito mais caro e difícil de se encontrar.

#pelamordeDeus então qual é o melhor?

Alumínio: Tem condutividade excelente de calor! Absorve e transfere com muita facilidade. 
Dos materiais nobres o alumínio é o que custa menos caro. Porém não pode ser qualquer alumínio, pois a liga (composição química) errada interfere na condutividade do calor.

Esta é uma foto do nosso alumínio sendo cortado em plasma de alta definição! Maquinário de última geração!

Abaixo apresentamos a tabela de condutividade de calor e quilocalorias, isto mesmo... quilocalorias rsrs

Tem mais uma coisa importantíssima aqui neste processo. O alumínio mesmo na liga correta, por si não garante a melhor eficiência energética! 

Como explicado anteriormente o alumínio é um excelente condutor de calor. Isto significa que ao estampar uma peça ele perderá calor, ou melhor, ele transferirá calor para a peça a ser estampada para que a sublimação ocorra. 
Então, se a chapa de alumínio for muito fina ela perderá calor e sairá da temperatura de trabalho muito rapidamente fazendo com que o controlador lógico converse com o relé e energize as resistências para que aqueçam a placa térmica e ela retorne à temperatura normal de trabalho. Então se a placa for muito fina o consumo de energia elétrica é maior!!
E se a placa fosse super grossa? Seria excelente, mas, porém, contudo, todavia, entretanto.... 
o custo da máquina seria altíssimo. Alumínio custa extremamente caro. Além disso para fazer com que a placa térmica atinja a temperatura correta há necessidade de a resistência ficar ligada por mais tempo e consumir mais energia para chegar à temperatura ideal. Ou seja, você teria que aguardar muito tempo para poder começar a trabalhar, ou então a potência da máquina teria que ser bem maior para poder aquecer a placa térmica em tempo satisfatório. Isto envolveria aumento de custos também em de fiação, disjuntores diferenciados etc. 

Leia nosso tópico sobre isto! 110v ou 220v, qual devo comprar? Qual consome menos energia?

O ideal é pensar na caixa d’agua da tua casa. Quando você lava as mãos, quando aciona a descarga do banheiro umas 2...3 vezes provavelmente não ouvirá a boia da caixa d’agua armando freneticamente. O nível de água tem que baixar um tanto certo para que a boia libere a entrada de água para encher novamente a caixa não é mesmo?
E se você tivesse uma caixa bem pequena? Do tamanho de uma bacia? ao dar uma descarga já acabaria a água dela e você teria que aguardar 2 minutos para lavar as mãos correto?
E se você tivesse uma caixa de 10 mil litros? Além de ocupar todo o espaço da tua laje rsrs ela iria custar caríssimo pra construir, encher etc. 
É, tudo bem, daria pra ficar um mês tomando banho sem precisar encher a caixa novamente ou então nos dias de calor poderia nadar na caixa d’água!! ????

A lógica é a mesma para a tríade Placa Térmica/Isolamento/Resistência.

Conclusão

Bom, e qual a espessura certa então?

Isto faz parte do nosso segredo de produção. Mas tenha certeza que o conjunto térmico das nossas máquinas foi estudado exaustivamente desde 2009 e foi refinado tecnologicamente a um ponto que você está comprando o melhor pelo preço justo e que vai funcionar extremamente bem!
Cada máquina possui uma espessura de chapa, uma quantidade específica de isolante térmico, um conjunto de resistências muito eficientes e uma regulagem fina de parâmetros do controlador lógico para que você trabalhe com tranquilidade sem se preocupar com este processo todo e possa focar em ganhar dinheiro!

Esperamos ter ajudado a conhecer sobre como estamos contribuindo para o seu negócio através do melhor equipamento!

Quer ter acesso a uma tabela de tempos e temperaturas de diversos materiais para sublimação, totalmente grátis? Clique aqui e aproveite esse excelente conteúdo.


Curtiu? Deixe um comentário!

Saiba mais sobre a nossa história. Clique aqui!
Saiba mais sobre a nossa política de revenda. Clique aqui!

Conheça nossas prensas térmicas: Clique aqui!
Curta nossa página nas mídias sociais e fique por dentro das promoções e cupons de desconto:
 

Tags:

Comentários

NG
Neymar Gomes 08/04/2021
Entao é por isso que ela mantem tanto a temperatura enquando outras sao muito complicadas de trabalhar. Nao sabia disso. Muito bom esclarecimento!
BR
Bruno Rodrigues 07/04/2021
Maquinatec do nível da NASA! kkkk muito legal!
FJ
Felipe Jeferson 07/04/2021
Fico muito feliz em saber que a Maquinatec se preocupa com a eficiência energética das máquinas. Posso trabalhar tranquilamente o dia todo sem me preocupar com isto!

Deixe um comentário

Captcha